Só quem é mãe sabe como é difícil ver o seu filho chorando, principalmente quando ele ainda não fala. E o choro é muito comum em bebês com menos de 100 dias que sofrem com as dramáticas cólicas. A agitação por causa da dor se intensifica durante as tarde e noites, momento em que os bebês choram inconsolavelmente, muitas vezes gritando e sacudindo os braços e pernas.
Diversos fatores podem influenciar, como o sistema nervoso imaturo, sensibilidade a algum alimento da dieta da mãe, estímulo ou até mesmo alergia a proteína do leite de vaca. Porém, o motivo do choro pode ser algo mais grave, por isso a importância de consultar um médico.
Algumas dicas podem deixar o bebê mais calmo, confira:

  • Caminhadas com seu bebê em um carrinho de bebê para acalmá-lo.
  • O contato corporal e movimento irão tranquilizá-lo, mesmo se o desconforto persistir. Balance um pouco ou cante suavemente, pois movimentos rítmicos constante e um som calmante podem ajudá-la adormecer.
  • Deite o bebê da barriga para baixo em seus joelhos e esfregue suas costas ou faça massagem em seu abdômen. A pressão contra a sua barriga pode ajudar a confortá-la.
  • Quando você se sente tensa e ansiosa, procure se afastar do bebê, mesmo por uma ou duas horas, pois vai ajudar você a manter uma atitude positiva e menos irritada.
  • Se você está amamentando, você pode tentar eliminar os produtos lácteos, a cafeína, de sua própria dieta.

Se você está alimentando com fórmula para bebê, fale com seu pediatra sobre uma fórmula de hidrolisado de proteína.

V