As mamães e papais sempre ficam ansiosos na espera pela primeira palavra do bebê. Geralmente, as crianças começam a balbuciar com 1 ano e os sons são mais sílabas do que palavras.

Para a criança continuar desenvolver suas habilidades de fala é necessário estimulá-la, e o modo mais comum é conversar com os bebês. De acordo com pesquisa realizada na Universidade de Chicago (EUA) “As ações não-verbais podem ser tão importantes quanto o bate-papo para melhorar esse aprendizado”.

Para ajudar neste processo e adaptar ao cotidiano veja algumas dicas básicas.

1 – Narre suas ações para o bebê

Na prática, é preciso conversar com o bebê sobre aquilo que o rodeia, ou seja, quando for trocar a fralda nomeia suas ações, como vamos limpar o bumbum, vamos por uma fralda limpa, ou então durante o passeio no parque apresente as  árvores, a grama, os passarinhos entre outros elementos..

2 – Dedique-se ao bebê

Procure dedicar integralmente para a criança ter um  ambiente emocional saudável, além de demonstrar seus sentimentos e suas vontades. 

3 – Cante mesmo desafinado

Além de conversar, cantar para criança é essencial, pois a sonorização, a rima e o ato de cantar podem fazer com que a fala seja um ato de brincadeira. Através deste processo é possível contribuir para o desenvolvimento da linguagem, do vocabulário e facilita o período de alfabetização. 

4 – Leia histórias e poesias

As histórias e poesias aumentam o vocabulário, enquanto os poemas, como as músicas, têm ritmo e sonoridade bem acentuados.

5 – Criança aprende brincando

O aprendizado pode ser divertido e muito prazeroso, e isto faz com que a criança aprenda mais rápido. Neste processo, encontre algo que ele gosta, como um livro e ao invés de forçar a leitura, ajude-a a explorá-lo.

Fonte: Revista Crescer

Leave a comment

V