fbpx

A Baby Bee Free resolveu esclarecer alguns pontos sobre o Autismo, um transtorno no desenvolvimento do cérebro que afeta cerca de 70 milhões de pessoas em todo o mundo.

FALAR SOBRE O QUE REALMENTE IMPORTA

Conscientizar é informar, propagar conhecimento, instigar a reflexão e, consequentemente, gerar uma rede de apoio às famílias que convivem diariamente com o TEA (Transtorno de Espectro Autista).

Para isso, sempre devemos nos questionar: o que eu posso fazer para somar em relação a essa causa? Acredite: falar sobre ela e derrubar preconceitos já é um grande passo.

O QUE É O AUTISMO E COMO IDENTIFICÁ-LO?

O autismo é um transtorno neurológico que costuma ser identificado na infância, entre 1 ano e meio e 3 anos, quando a criança começa a ter maior interação com outras pessoas e a realizar tarefas mais complexas.

Os sinais mais característicos do autismo incluem:

1. Problemas de comunicação, como não conseguir falar corretamente, dar uso indevido às palavras ou ainda não saber se expressar utilizando palavras.

2. Dificuldade de socialização, como problemas para fazer amigos, para manter uma conversa ou mesmo olhar as outras pessoas nos olhos.

3. Alterações de comportamento, como:

·   Riso inapropriado;

·   Frieza emocional;

·   Poucas demonstrações de dor;

·   Gostar de brincar sempre com o mesmo objeto;

·   Dificuldade em focar numa tarefa simples e concretizá-la;

·   Não responder quando é chamado pelo nome;

·   Acessos de raiva;

·   Dificuldade em expressar seus sentimentos com fala ou gestos.

Se você identifica esse comportamento no seu filho, talvez seja a hora de consultar seu pediatra! O diagnóstico pode demorar vários meses e até anos para ser confirmado depois que os pais identificam os primeiros sinais e, quanto mais cedo o transtorno é identificado, mais fácil se torna estimular a criança a se desenvolver e interagir melhor com as outras pessoas.

Com o tratamento multidisciplinar adequado que envolve fonoaudiologia, nutrição, terapia ocupacional, psicologia e educação especializada, pode-se conseguir excelentes resultados!

Lembre-se: cada de um de nós carrega um universo particular dentro de si. E o primeiro passo para entrar em contato com o universo do outro é respeitá-lo 😊

Leave a comment

V